Arquivo da tag: pedreira paulo leminski

Teatro Ópera de Arame

20160327_190001

Considero o teatro Ópera de Arame um dos principais e mais bonitos pontos turísticos de Curitiba.

20160402_090619
Entrada
20160402_090755
Vista da Ópera de Arame a partir da entrada
20160402_090819
Ópera de Arame e sua passarela

Com capacidade para mais de 1500 pessoas, foi inaugurado em 1992 pelo urbanista e então prefeito Jaime Lerner. Chama atenção por sua construção em estrutura tubular e teto de policarbonato transparente. Para completar a beleza da obra, está localizado na cratera de uma antiga pedreira e é acessado por uma passarela sobre um lago cheio de carpas. Tem também uma cascata artificial, nas pedras, nem sempre funcionando.

20160402_090831_001
Cascata ao fundo ao lado das pedras (desligada)

O acesso ao interior do teatro é feito pelo piso superior.

20160402_091028
Interior do teatro
20160402_091051
Teto do teatro
20160402_091214
Vista a partir do teatro
20160402_091222
Passarela vista do teatro
20160402_091247
Detalhe da passarela

Está localizado no Parque das Pedreiras, ao lado do espaço cultural Paulo Leminski (Pedreira Paulo Leminski), bastante conhecido por abrigar importantes shows na capital paranaense, com capacidade para até 20.000 pessoas.

20160402_091624
Entrada da Ópera de Arame à direita, loja de souvenirs ao centro e entrada para a Pedreira Paulo Leminski à esquerda
20160402_090649
Loja de souvenirs

Aberto de terça a domingo, das 08:00 às 20:00 horas, com entrada gratuita. Estacionamento gratuito na entrada para poucos carros. Estacionamentos particulares próximos.

20160402_090631
Estacionamento com restaurante à direita

Tempo sugerido para visita: 30 minutos ou 1 hora, se for parar para um café na cafeteira Ópera Café, no piso inferior do teatro, ou compras na loja de souvenir na entrada, ao lado do estacionamento.

Como fica próximo ao Parque Tanguá e Universidade Livre do Meio Ambiente, sugiro uma visita aos 3 locais, o que você pode fazer, tranquilamente em cerca de 3 horas.

Se tiver a oportunidade de visitar no final da tarde ou ir a um espetáculo à noite, recomendo muito, pois, como visto na primeira foto deste post e nas fotos abaixo, a iluminação noturna deixa o lugar ainda mais bonito.

20160327_190212

20160327_214024

20160328_205407

20160327_190415

20160328_210035

Único defeito do teatro é que os assentos são desconfortáveis, o que atrapalha bastante nos espetáculos mais longos.

Para quem estiver de carro, sugiro os seguintes restaurantes nas redondezas: frutos do mar – Bar do Victor; carnes – Prime Grill e massas – Mangiatto Bene. Quem quiser uma refeição mais simples e rápida, tem restaurantes bem próximos à entrada do teatro, para ir a pé.

Fotos: Marcos Pereira