Arquivo da categoria: Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu – Dicas de compras no Paraguai e Argentina

20171105_145251

Última viagem: 10/2017

Um dos programas imperdíveis dos turistas em Foz do Iguaçu é ir em busca dos preços baixos de bebidas, perfumes, brinquedos e eletrônicos no Duty Free de Puerto Iguazú, na Argentina e principalmente em Ciudad del Este, no Paraguai.

A seguir passo algumas dicas de compras, baseadas em minha própria experiência e sem qualquer vínculo com as lojas citadas.

Paraguai

Desde que abriram os grandes shoppings em Ciudad del Este, estes passaram a ter a minha preferência pelo ambiente, comodidade e segurança (física e qualidade dos produtos oferecidos) em relação às cansativas e perigosas caminhadas pelas ruas da cidade, constantemente sendo interceptado pelos insistentes camelôs e ambulantes. Somente entro nas pequenas lojas de rua quando preciso buscar algum item muito específico. Claro que esta dica não vale para todos, pois tem muito turista que ama circular pela loucura que é esta cidade.

Histórias de pessoas enganadas nas lojas de Ciudad del Este são muitas, seja por itens falsificados/remanufaturados, troca de produtos na embalagem ou golpes que fazem o consumidor pagar mais caro que o produto vale. Confira e teste sempre o que está comprando.

Não vale à pena buscar referência de preços em mais do que 2 ou 3 lojas, pois são muito parecidos e se achar um valor muito menor, desconfie, principalmente em pequenas lojas. Esta comparação de preços pode ser feita nas grandes lojas que cito neste post (algumas lojas disponibilizam preços no site). Valores também podem ser consultados previamente no site Compras Paraguai.

Sempre contratamos uma van ou táxi que nos aguarda durante o período de compras no estacionamento do Shopping Del Este, logo na entrada do Paraguai, à esquerda de quem chega. Facilita muito o retorno para fugir de eventuais engarrafamentos.

No Shopping Del Este indico as lojas La Petisquera e Macedônia, que também possuem lojas de rua, principalmente para bebidas e perfumes. As bebidas sempre compro no final das compras em uma dessas lojas e levo direto para o carro, para evitar ficar circulando com peso.

Ao lado do Shopping Del Este (pode-se sair pelo estacionamento) está o novo Shopping Paris, com destaque para as lojas de decoração e artigos para casa, praça de alimentação (sempre almoçamos lá) e o Shopping China Importados, uma loja de departamentos que tem de tudo e ocupa um andar inteiro do Shopping Paris.

Destaco também as lojas de departamentos Cellshop, um pouco mais distante (15 minutos de caminhada rua acima) e Monalisa, ao lado da Cellshop, onde você encontra algumas marcas de cosméticos que não encontra em outras lojas.

Outras 2 lojas grandes de destaque: Casa China e Casa Americana, do outro lado da avenida principal e próximas da Monalisa. A Casa Americana está no no Shopping Americana, onde estão outras lojas. Cuidado com eletrônicos nas lojas menores deste shopping. Já tentaram me enganar em uma delas.

Para eletrônicos, minha preferida é a Casa Nissei, com vendedores brasileiros e uma variedade bastante grande. Após pagar e pegar suas compras, tem pessoal para testar os produtos.

Fica atento aos horários de abertura das lojas. Os shoppings abrem também aos domingos, que é o dia mais tranquilo para se atravessar a fronteira.

Argentina

O Dutty Free de Puerto Iguazú, localizado antes da aduana argentina, é lindo e com vários setores: brinquedos, loja Nike, eletrônicos, perfumaria, bebidas, guloseimas, etc. Produtos com garantia e qualidade.

Salvo um ou outro item, os preços geralmente são um pouco maiores que no Paraguai, mas é a solução para quem não tem tempo ou paciência para atravessar a Ponte da Amizade. Além disso, oferece transporte gratuito de alguns hotéis de Foz do Iguaçu.

Prepare-se para longas filas no caixa nos finais de semana e feriados. Pode-se perder mais tempo nas filas do que nas compras.

Lembretes importantes:

  • A cota de isenção de compras no Paraguai e Argentina, para quem retorna de carro ou avião de Foz do Iguaçu é de US$ 300 por pessoa, não cumulativa (maiores informações aqui).
  • Itens proibidos de compra: cigarros e bebidas produzidos no Brasil e destinados para venda no exterior; bens cuja quantidade, natureza ou variedade indiquem intuito comercial ou uso industrial; substância entorpecentes ou drogas; remédios; armas e munições; bebidas alcoólicas, cigarros, fumo e itens semelhantes para menores de 18 anos; bens ocultos com finalidade de burlar a fiscalização

E você? O que acha das lojas citadas? Alguma dica?