Compras em Miami – Outlets – Sawgrass ou Dolphin?

Dolphin Mall - site - Divulgação
Dolphin Mall – site – Divulgação

Apesar da cotação do dólar não estar ajudando muito, fazer compras no Estados Unidos, na maioria das vezes, ainda vale muito a pena e Miami é um dos principais destinos de compras dos brasileiros.

Há excelentes e grandes centros de compras na região de Miami. Podemos separá-los entre os shoppings “normais”, com as tradicionais grifes e lojas de departamento, que vendem os lançamentos da estação, como o Dadeland Mall e o Aventura Mall, e os outlets, com muitas das grandes e conhecidas lojas, mas com saldos das coleções anteriores a preços mais que convidativos. Entre os outlets destacam-se o Sawgrass Mills e o Dolphin Mall.

O objetivo deste post é ajudá-lo a escolher entre o Sawgrass e o Dolphin, baseado em minha experiência de algumas visitas a esses dois outlets.

Sawgrass - site - Divulgação
Sawgrass – site – Divulgação

Localização

O Dolphin fica próximo ao aeroporto de Miami, cerca de 15 a 20 minutos de carro, sendo prático para quem tem algumas horas livres antes do vôo, está fazendo escala ou opta por um hotel próximo ao aeroporto. Alguns hotéis disponibilizam transfer.

O Sawgrass fica em uma cidade próxima a Miami, Sunrise, a cerca de 50 km.

Tamanho x disponibilidade de tempo

Na minha opinião, qualquer que seja sua escolha, vai encontrar praticamente tudo o que procura. O Sawgrass é enorme e impossível de conhecer em um único dia. Reserve pelo menos 2 dias ou trace um bom roteiro focando exatamente o que quer. O Dolphin também é muito grande, mas possível de conhecer em um dia.

Não tem muito tempo, paciência ou disposição para andar? Vá no Dolphin sem pensar muito.

Quantidade e tipos de lojas

Em ambos os outlets é possível encontrar algumas das mais conhecidas e queridas lojas dos brasileiros, como: Aeropostale, American Eagle, Armani Exchange, Banana Republic, Calvin Klein, Forever 21, GAP, Kipling, Levi’s, Michael Khors, Nike, Polo Ralph Laurent,  Ron Jon, Toys “R” Us, Vans e Victoria’s Secret. Muitas dessas lojas são maiores e com maior variedade de itens no Sawgrass.

Algumas características:

Dolphin – cerca de 240 lojas e restaurantes. Veja lista completa aqui. Alguns diferenciais em relação ao Sawgrass: H&M, Hollister e Ross Dress for Less. Maiores lojas: Bass pro Shops, Neiman Marcus, Bloomingdale’s, Burlington, Marshalls, Forever 21, Saks, Ross Dress for Less e Polo Ralph Laurent. Mapa do outlet aqui.

Sawgrass – maior outlet da Flórida e um dos maiores dos Estados Unidos, com cerca de 350 lojas e restaurantes. Veja lista completa aqui. Alguns diferenciais em relação ao Dolphin: 7 for all mankind, Bed Bath & Beyond, Century 21, Diesel, Lego, Lacoste, Rainforest Café e Target, além de um anexo com 60 lojas de grifes de luxo, The Collonade Outlets, entre elas: Burberry, Versace, Prada, Valentino, Armani e Gucci . Maiores lojas: Neiman Marcus, Saks, Bloomingdale’s, Marshalls, Forever 21, Target, Burlington, T.J. Maxx e Bed Bath & Beyond   . Mapa do outlet aqui.

Preços e Promoções

Não percebi diferenças de preços entre as mesmas lojas existentes em ambos os outlets. Acompanhe as promoções, podendo até se inscrever para receber por email, aqui para o Dolphin e aqui para o Sawgrass. Você pode imprimir no site e levar com você.

Cupons de Desconto

Ambos os outlets oferecem cupons de desconto para visitantes (leve seu passaporte) e sugiro fortemente que passem no centro de atendimento a clientes antes de começar as compras para obter estes cupons, mesmo que alguns deles só valham para compras acima de um valor mínimo, pois garantem grandes descontos. No Dolphin é grátis e no Sawgrass custa $10. Estes cupons são independentes das promoções.

DICAS:

1 – Saiba os valores no Brasil do produto que quer comprar ou de semelhantes. Não é raro você pagar mais caro nos outlets do que no Brasil e se arrepender depois. Já aconteceu comigo com um óculos Ray-Ban.

2 – Cuidado quando estacionar o carro. Não deixe nada à vista e não leve compras para o carro para voltar ao shopping. Há vários casos de arrombamento em Miami.

3 – Marque bem onde estacionou o carro. Os estacionamentos são enormes.

4 – Vai comprar muito? Leve uma mala com rodinhas para colocar as compras. Muitos fazem isto, principalmente brasileiros. Carregar muitas sacolas não é nada agradável.

5 – Cuidado para não se empolgar muito nas compras. Além das surpresas no cartão de crédito, pela pressa, pode acabar comprando itens que nunca vai usar, com tamanho errado ou com algum defeito. O barato pode sair caro e não tem como trocar.

6 – É fácil se perder do seu pessoal nestes outlets. Caso não tenha celular ou walk talk, combine pontos de encontro em determinados horários. Uma falha aqui e muito tempo será perdido.

7 – tente chegar cedo para garantir uma boa vaga de estacionamento e aproveitar as primeiras horas do dia, que são as de menos movimento. Evite finais de semana e feriados.

E você, tem mais alguma dica?

Trilhas dos Mananciais da Serra – Município de Piraquara

20161119_155017
Represa do Carvalho
Data do passeio: 11/2016

Em um final de semana por mês (geralmente o segundo final de semana, com exceção de janeiro), a cerca de 35 kms de Curitiba, junto ao Parque Estadual do Marumbi, na Serra do Mar, as trilhas para os Mananciais da Serra são abertas para visitação. A entrada e estacionamento são gratuitos.

O complexo Mananciais da Serra, mantido pela Sanepar, abriga o conjunto de reservatórios que abasteceram Curitiba a partir de 1908. Foi o primeiro sistema de captação e abastecimento público do Paraná, composto por 17 reservatórios interligados, que levavam água até o Reservatório do Alto São Francisco, na capital, através de uma adutora de 38 km. Curitiba recebeu água exclusivamente deste sistema até 1945, quando foi inaugurada a estação do Tarumã. Hoje abastece somente a Aldeia Indígena Araçaí, ao lado do complexo.

20161119_145217
Mapa com as trilhas

São 4 trilhas: da Chaminé, do Carvalho, do Salto e um pequeno desvio na trilha do Carvalho até a Gruta da Nascente. Para fazer todas as trilhas reserve 4 horas. Fiquei no local por cerca de 2 horas e 30 minutos e deixei de fazer a trilha da Chaminé, mas espero voltar para fazer e completar este post.

Dica: não há lanchonete no local. Levar água e lanche.

Trilha do Carvalho

A trilha do Carvalho mais o desvio até a Gruta da Nascente tem cerca de 2,5 km de extensão (ida) e é feita por uma estrada de terra. Tem subidas leves, mas a caminha é muito tranquila.

A atração da trilha é a Represa do Carvalho, o principal dos 17 reservatórios e um dos 2 liberados para visitação, junto com o reservatório Carvalhinho.

Na parte de trás da Represa do Carvalho há um acesso para o reservatório do Carvalhinho.

Os demais reservatórios, subindo a serra, fazem parte de um plano futuro e exigirá uma caminhada bem mais longa. Abaixo foto de um desses reservatórios, que fica um pouco adiante da Represa do Carvalho.

20161119_153421
Um dos reservatórios fora das trilhas de visitação

Desvio da Trilha do Carvalho até a Gruta da Nascente

Após visitarmos o Carvalho, fomos até a Gruta da Nascente, onde está localizada uma das nascentes do Rio Iguaçu.

Trilha do Salto

20161119_163530
Caixa do Salto

Por uma trilha de mata, bem conservada, de cerca de 1 km de extensão (ida), você chega à Caixa do Salto, uma represa de captação de água no Ribeirão do Salto.

No início da trilha está a Casa da Memória, que serviu de moradia aos trabalhadores que construiram as represas e foi destruida por incêndio há alguns anos.

Como chegar

A região é muito bonita e o caminho de Piraquara até o complexo já vale o passeio, passando pela Barragem Caiguava, na represa Piraquara 1 e no Centro de Educação Ambiental da Sanepar, onde há um mirante e outras trilhas que, assim como a trilha da Chaminé, ficarão para uma próxima visita.

Barragem Caiguava
Barragem Caiguava

O melhor caminho é ir até Piraquara e de lá seguir as placas do Caminho Trentino em direção aos Mananciais, passando pelo Posto da Guarda da Sanepar, Barragem Caiguava e Centro de Educação Ambiental. A partir daí são cerca de 5 kms até a entrada do complexo, mantendo a esquerda no primeiro entroncamento.

Google Maps: registrar Represa Carvalho Piraquara.

Waze: o local mais próximo que consegui registrar foi Centro de Educação Ambiental – Vila Fuck – Piraquara.

Site com datas de visita para 2016 (deve ser atualizado em breve com datas para 2017)

Horário: Sábados e domingos em um final de semana por mês,  com entrada das 08:30 às 16:00 horas. Às 17:30 os passeios são encerrados.

Fotos: Marcos Pereira